Amigos, este texto foi publicado originalmente no site Política ou Politicagem?, mas acho que vale colocá-lo aqui também, já que diz respeito à Copa do Mundo, esta febre que adoece os brasileiros a cada quatro anos...

-------------

Copa, cozinha e outras "bolas"

Hoje, meus filhos me disseram que estou muito "paranóica". Fiquei muda. "Será?", pensei eu....


Falávamos sobre a Copa (na cozinha), sobre o quanto eu detesto este momento de falso patriotismo. Falávamos do quanto está em jogo, além da bola e do título. Dos patrocínios e do quanto as pessoas ganham e perdem com a Copa. Para mim, a sociedade só perde. Tirando os fabricantes de televisão e o comércio em geral, a sociedade só perde quando os bancos mudam o horário de funcionamento, as repartições públicas fecham as portas duas horas antes dos jogos e assim por diante.


A sociedade só perde quando volta seus olhos para os gramados alemães enquanto outras "bolas" rolam soltas nos gramados do Congresso. Tentei dizer a eles que se o Brasil vencer ou perder qualquer jogo da Copa, ou o próprio título aos quarenta e cinco minutos do segundo tempo, minha vida continuará a mesma! Mas não adiantou, fiquei de paranóica mesmo. Aquela que não acredita em mais nada e está com o coração duro com a falta de esperança. Se não fosse meu marido dar uma mãozinha e explicar que cada fase tem sua visão da vida e que, antes, pensávamos como eles, assim como amanhã (muitos amanhãs, aliás) eles se lembrarão desta conversa e também pensarão como nós, a conversa teria terminado em dez a zero para eles.


Mas, enfim, é isso aí. Não gosto da Copa, de ver os brasileiros vestindo verde e amarelo - felizes da vida - enquanto deixam de se mobilizar contra a impunidade, a corrupção, a violência, a falta de investimento na educação, transporte e moradia. Brasileiro pára diante da TV para assistir aos jogos da Copa (mesmo que seja Togo x Trinidad e Tobago), mas nem prestaram atenção quando Delúbio, Silvinho, Duda Mendonça, José Dirceu ou Marcos Valério foram às CPIs.


Não gosto de ver os brasileiros ligados nos comentários esportivos, quando nem sabem qual o canal da TV Câmara ou Senado.


Não gosto de ver os brasileros ditando a escalação de Parreira, enquanto mal sabem o nome de meia dúzia dos quarenta da "organização criminosa".


Sim, não gosto da Copa e da falta de patriotismo real dos brasileiros. Entendo que o povo precise se divertir, se distrair um pouco, explodir diante de um gol, prender a respiração quando Baggio for marcar um pênalti (ué, o Baggio não é mais da seleção italiana?)... concordo com tudo isso mas, como diz meu pai, primeiro a obrigação, depois a diversão. Vamos fazer o dever de casa, pra depois relaxar no recreio.


Quando a Copa terminar, a campanha eleitoral já estará nas ruas e o Congresso de férias. Se o Brasil vencer, o brasileiro estará nas nuvens, acreditará em tudo o que vir e ouvir. Se perder, o mal humor reinará sobre as mesas de bar e nada fará o torcedor vestir a camisa do país ou parar diante da tv, muito menos para assistir aos programas eleitorais ou aos debates políticos. Portanto, a Copa, ainda por cima, levará o torcedor/eleitor a uma inércia política. Aliás, sejamos realistas, uma característica de grande parte deste povo que precisa da Copa para ter orgulho do seu país.

Comentários

Bene disse…
Fala verdade Erika!!!!
Demora para vc. abrir a boca, mas quando abre, sai de baixo!!!!
Concordo em gênero, grau, número e espécie com o que vc. diz...

Este falso patriotismo mata...

Mas o que mata mesmo é ter que aguentar o pessoal da Globo, entrando toda hora da Alemanha, com umas materinhas/participações ao vivo/ e com a transmissão de TODOS OS JOGOS!!!

É mole????

Jogo de times de países que nunca vi no mapa...
Tudo bem que eu já to velhinhu e alguns destes países nem constavam do velho ATLAS quando eu frequentava o ensino fundamental... E eles ainda estão fazendo matérias sobre os países: quantos habitantes, economia, pontos turísticos, etc... e exibem antes dos jogos... Depois de assisti-los, as pessoas se sentem praticamente cidadãos do mundo!!! Ah para, vai!!!!

Ah!!!! E o tanto de técnicos, especialistas e comentaristas de futebol vc. encontra pelas ruas... discutindo, falando deste ou daquele lance, resultados de jogos, faltas, pênaltis, etc!!!!

Enquanto isto as guerras continuam... os Estados Unidos continuam ferrando com todos... e até a Alemanha passou a ser um país legal para se viver... hahaha!!!!

DEFINITIVAMENTE... PARA TUDO QUE EU QUERO DESCER!!!
Ricardo disse…
Os Brasileiros estão pouco lixando para o País
Patriotismo aonde? enquanto George W Bush fuzila a Humanidade a população pobre não só aqui no Brasil mais em todo os Países está se ferrando!
aqui no Brasil se o povo ao invés de se importar com Copa vinhesse a se importar com coisas uteis aí sim iria mudar algo
Anônimo disse…
Very cool design! Useful information. Go on! »